O Konviva Mobile chegou!

Estamos felizes de finalmente apertar o botão “publicar” no blog da ilog para anunciar a todos os nossos clientes que o aplicativo mobile está pronto!
O Konviva Mobile foi cuidadosamente desenhado e trabalhado para ser a sua principal companhia na aprendizagem a distância. Agora você não precisa mais entrar na Web para ter acesso aos seus conteúdos. Com o nosso app, você pode aprender em qualquer lugar e ter os conteúdos ao alcance das suas mãos. Para isso, otimizamos o Konviva para o conceito de aprendizagem em tela pequena, e o melhor de tudo, num aplicativo extremamente intuitivo! Interessante, não?!

Do conhecimento técnico para o app

Após desenvolver uma plataforma de LMS na nuvem, completa e eficiente como o Konviva, desenvolver um aplicativo nativo era um desafio enorme a ser alcançado. O mais importante de tudo é que conseguimos e agora temos um excelente aplicativo para os dois principais sistemas (iOS e Android), com o know-how necessário para construir planos mais ambiciosos para os nossos próximos lançamentos.

Agora vamos ao que importa…as funcionalidades!

Algumas da funcionalidade do Konviva Mobile são:

  • Sincronização e Aprendizagem Offline

    Os usuários podem usar o Konviva no modo offline (em um avião, no metrô, em áreas com cobertura ruim de internet, etc). O app permite que você faça o download de qualquer curso para estudar mesmo estando desconectado, em qualquer lugar. E não se preocupe, pois quando você voltar ao modo online, seu desempenho será automaticamente sincronizado.

  • Aprendizagem Online

Além do já citado ‘modo Offline’, você também terá acesso aos cursos de forma Online. Basta ter acesso a uma rede de internet para acessar todos os conteúdos que vão ajudá-lo a melhorar o seu processo de aprendizagem a distância.

  • Foco no aluno

O objetivo com o Konviva Mobile foi desenvolver todas as funcionalidades de maneira simples e interativa para que o aluno possa ter a melhor experiência possível. Por esse motivo, o app não possui funcionalidades gerenciais.

  • Experiência UX

Mas afinal, o que define uma experiência UX? Basicamente, é como o usuário se sente ao utilizar um produto, sistema ou serviço, equilibrando alguns aspectos experienciais, práticos e valiosos da interação.
Isso foi o que buscamos desenvolver com o Konviva Mobile! As interações no app devem funcionar de modo prático, intuitivo e interativo.

  • QR Code para Login

Uma das funcionalidades mais pedidas era fazer o Login através de um código QR para a certificação de segurança – e isso agora é possível!

Futuro

Isso é apenas o começo! Já estamos planejando e fazendo o design de mais novidades para as próximas versões. Fique ligado!

Isso é apenas o começo! Já estamos planejando e fazendo o design de mais novidades para as próximas versões. Fique ligado!

Gestão do Treinamento para a Rede de Concessionários

Marcelo Lopes, apresentou o cenário inicial da Man Caminhões, que resume a grande maioria dos casos onde ainda não há uma plataforma LMS:

  • Falta de um sistema de monitoramento de matrículas ou do público treinado;
  • Falta de uma Plataforma de Gestão;
  • Inexistência de indicadores;
  • Modalidade presencial tímida para atender a demanda;
  • Modalidade não presencial não importava no momento – quebra de paradigmas;
  • Local para hospedar conteúdo técnico para consulta posterior (Biblioteca/ Videoteca).

O desafio era aumentar a oferta para capacitação dos cargos operacionais das concessionárias MAN Latin América – Nacional e lidar com um orçamento reduzido.

O primeiro passo foi buscar uma plataforma LMS que fosse aderente à forma de trabalho da Man (Konviva). Depois foi feito um levantamento na rede sobre cargos passíveis de treinamento. Na sequência foram criadas as Trilhas de Capacitação para cada cargo.

 

Neste processo foi importante a criação da Trilha de Ambientação, que reuniu temas básicos que todos os funcionários devem conhecer antes de realizar sua trilha específica do cargo:

  • Programa Básico de Vendas – O negócio concessionária;
  • Informações comerciais básicas sobre os Novos Lançamentos

Por fim foram definidos os indicadores de treinamento, desde a visão do aluno até o nível nacional

(*) Dados fictícios

Passada a 1ª fase de estruturação e implantação, o novo desafio foi fazer com que as premissas do treinamento fossem aplicadas e mantidas na Concessionária. Aqui vêm dicas valiosas de como “fazer acontecer”. Confira!

1º Passo:  Identificar um funcionário na concessionária para monitorar as ações de treinamento.

  • Que seja um funcionário de retaguarda e não de linha de frente;
  • Que possua livre acesso entre as áreas operacionais e alta direção;
    • Recursos humanos – acesso a movimentação de pessoas;
    • Gestão da Qualidade – atenção aos detalhes / planejamento;
    • Escritório da Oficina – maior foco do treinamento.

2º Passo:  Reconhecer a importância dessa nova atribuição:

  • Foi atribuído um nome para essa nova função;

ATC – Administrador de Treinamentos na Concessionária

  • Nomeação formal pelo titular da concessionária;
  • Passível de auditoria pelo do Sistema da Qualidade;
  • Conceito divulgado aos consultores regionais VW/MAN.

3º Passo:  Sensibilizar e treinar o ATC

Treinamento presencial no Centro de Treinamento VW/MAN;

  • Explicitar o papel do ATC na concessionária;
  • Reconhecer a importância desse trabalho no processo de capacitação de mão de obra;
  • Navegabilidade pelas interfaces da plataforma de treinamento – Perfil ATC;
  • Lição de casa – Cadastrar os usuários no banco de dados na plataforma.

O “pulo do gato” no processo da Man foi encontrar um dono para o processo, reconhecido e nomeado para a função de monitoramento do treinamento. Do ponto de vista de governança, a figura do ATC foi solução preciosa, que pode ser aplicada no varejo, franquias e grupos com dispersão geográfica.

A evolução tecnológica rápida e constante no setor automotivo exige busca e pesquisa por outros meios para transmissão de conteúdo, como realidade aumentada, realidade virtual, rapid learning entre outros.

Participe gratuitamente do CBTD 2018! Não Perca!

Você pode ser um visitante, participando gratuitamente, da ExpoCBTD e conhecer as melhores soluções para T&D!.

No Espaço ABTD você tem acesso a palestras rápidas, de 20 minutos para aproveitar ao máximo sua visita ao CBTD 2018!

Há Palestras Patrocinadas oferecidas gratuitamente pelos patrocinadores do evento.

A sua presença no CBTD 2018 é enriquecida pelos serviços e produtos para área de T&D, RH e Gestão de Pessoas, na Expo CBTD!

A Ilog espera por você na Expo no Konviva Café. Participe!

 

 

 

Aprendizagem baseada em jogos vs Gamificação: qual é a diferença?

Todo aquele que estiver próximo ao universo da educação e aprendizagem digital já deve ter ouvido falar dos termos “Aprendizagem baseada em jogos” e “Gamificação”. Há uma quantidade enorme de pessoas que confundem os termos e não têm muita clareza do que realmente significam. Alguns pensam que se trata da mesma coisa, mas não é.

Ambos compartilham de algumas características, mas há diferenças distintas. É importante para qualquer um que esteja envolvido com o desenvolvimento de cursos saber bem a diferença. Vamos lá?

Definições:

Antes de entrar na definição dos atributos, vamos ver o que significa cada um.

Gamificação é definida como a prática de adicionar elementos de jogos em situações que não são jogos. A ideia é pegar algo que não é normalmente um jogo e dar elementos de jogo. Incentivos, recompensas e níveis são exemplos de gamificação.

Aprendizagem baseada em jogos utiliza jogos reais para melhorar a experiência de aprendizagem. Os jogos podem ser uma parte menor de um programa maior de gamificação. Imagine um jogo de aprendizagem onde o aluno assume um papel na narrativa do jogo e vai aprendendo sobre história e geografia.

É importante dar uma olhada em profundidade nos elementos de cada um.

Gamificação

Uma forma de olhar a gamificação é que esta técnica é a base para toda a estrutura de um programa de aprendizagem. Trata-se de um processo abrangente, não apenas um evento isolado.

Outras características da Gamificação:

– Normalmente envolve emblemas, prêmios e conquistas.

– Leva tempo para perceber os efeitos e benefícios.

– Trata-se de ter uma plataforma que suporte o programa de aprendizagem assignando pontos por tarefas estabelecidas, contabilizando o alcance de missões, calcule rankings entre outras atividades de forma automática. Há uma “inteligência” por trás da plataforma para que as técnicas de gamificação funcionem.

Aprendizagem baseada em jogos

Embora possa ser utilizada frequentemente como parte de um programa de aprendizagem, é uma série de eventos no tempo. O jogo em si é um objeto de aprendizagem.  Veja os elementos da Aprendizagem baseada em jogos:

– Cada jogo tem um objetivo de aprendizagem específico.

– O aprendizado ocorre durante o gameplay.

– Incentiva a solução de problemas e habilidades de pensamento críticas.

– Pode incluir simulações.

– Espera-se que o conhecimento obtido será usado no mundo real.

Desenvolvimento do curso e-learning

Agora que você sabe quais são as diferenças, vamos explorar como impactam no desenvolvimento de um e-learning.

– Lembre-se do fator diversão. Quando uma atividade é divertida, os alunos  se engajam e o aprendizado real acontece.

– Mantenha o foco no aluno. O objetivo dos alunos é alcançar suas metas de aprendizagem.

– Ofereça conteúdo relevante. Manter o foco em cenários do mundo real vai garantir que o jogo seja útil.

– Um bom design é a chave. Toda a experiência pode falhar se não tiver um design sólido como base.

 

Os objetivos são os mesmos

Tanto a gamificação como a aprendizagem baseada em jogos são um esforço pelo mesmo objetivo: o engajamento dos alunos. Há uma sobreposição de intenções na mesa. A força orientadora que está por trás das duas é proporcionar uma experiência de aprendizagem que seja relevante e bem-sucedida para o aluno.

Isto é verdade, se estiverem no contexto dos estudantes numa escola ou dos colaboradores em um programa de aprendizagem corporativa. Engajados, alunos interessados são alunos de sucesso que atingem os objetivos estabelecidos, bem como os objetivos se tornam uma motivação para eles.

Entre em contato com a Ilog Tecnologia e conheça o módulo de gamificação do LMS Konviva. Saiba como a gamificação e a aprendizagem baseada em jogos pode incrementar as habilidades dos colaboradores, aumentar a produtividade e a lucratividade.

Novidade Konviva: Administrador de Unidade

O Konviva traz uma nova funcionalidade no Módulo de Gestão para facilitar ainda mais o gerenciamento dos seus recursos: o administrador de unidades.

O perfil Administrador de Unidades pode gerenciar áreas do Konviva de acordo com as Unidades que estão associadas ao perfil dele. Por exemplo, ao definir uma Unidade no Curso, irá permitir que Administradores de Unidades dessa unidade possam editar o curso como um todo, conteúdos (mesmo que esses conteúdos não sejam para sua unidade), turmas, matrículas, etc. Quando esse usuário insere um novo conteúdo, só será mostrado do repositório conteúdos disponíveis para a sua Unidade. É permitido também que o mesmo crie cursos para suas unidades. Outras áreas também podem ser limitadas por Unidades como repositório, avaliações, banco de questões, destaques, relatórios, solicitações de matrícula e catálogo.