Estratégias vencedoras em projetos de educação corporativa

Em  8 de novembro, a Clarity Solutions e a Ilog promoveram o evento E-learning Day 2018. Confira o resumo das palestras do evento!

Gustavo Rohde, CEO da ILOG, chama a atenção de que a Aprendizagem Digital não é mais uma tendência, mas uma nova forma de aprender. A tecnologia está presente em muitos aspectos das nossas vidas e com a aprendizagem não é diferente. Microlearning, vídeos em tempo real, Design Thinking, mobilidade e conveniência estão entre as tendências principais. Plataformas de Gestão da Aprendizagem (LMS – Learning Management System) tendem a ser parte do dia a dia de forma que a aprendizagem não será uma tarefa à parte de sua rotina. Tratando-se de tecnologia, a tendência é que as plataformas sejam “inteligentes”, ofereçam experiências  personalizadas ao aluno.

A partir daí podemos citar 6 estratégias vencedoras para projetos de aprendizagem:

1) Foco na experiência do usuário, onde a usabilidade deve estar aderente a cultura da empresa.

2) Mobilidade: permitir que os conteúdos possam ser acessados off line. Porém, é importante salientar que os conteúdos têm que ser adequados a uma estratégia mobile (ser responsivo, não usar flash, etc). Uma plataforma mobile tem tecnologia específica para que performe bem para os usuários.

3) Trilhas de aprendizagem bem estruturadas que ofereçam a sequência de cursos para atingir um objetivo de aprendizagem ou desenvolvimento de competências organizacionais.

4) Ferramentas de Business Inteligence que ofereçam precisão na gestão de indicadores chave. É preciso monitorar os indicadores de performance de indivíduos, grupos e unidades de negócio e deixar claro quais são as metas de aprendizagem que reflitam a estratégia de negócios.

5) A gamificação tem se mostrado como uma poderosa estratégia de engajamento quando atrelada a objetivos organizacionais.

6) O Microlearning ou Pílulas de Aprendizagem facilitam a distribuição de pequenos conteúdos, corrigindo ou acelerando objetivos de aprendizagem de forma dinâmica e ágil. Cada vez mais a tendência é por conteúdos mais curtos e em vídeo. Esta estratégia permite a distribuição de co o uso crescente de vídeos elaborados internamente por experts ou líderes de conteúdo usando o celular e editores simples de vídeo.nteúdos sem a necessidade de estar atrelada a um curso ou trilha de aprendizagem. Temos visto o uso crescente de vídeos elaborados internamente por experts ou líderes de conteúdo usando o celular e editores simples de vídeo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *